Conecte-se conosco

Covidão

Com medo da CPI da Covid, pela segunda vez, governadores tentam reverter ida à Comissão

Edivaldo Santos

Publicado

em

Dezenove governadores foram convocados para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. Com medo de enfrentar os senadores da Comissão, eles formalizaram um pedido para que o colegiado reconsidere a convocação de gestores estaduais. O documento foi entregue à presidência da CPI, neste domingo (30).

“Não é constitucionalmente admissível que o Poder Legislativo federal exerça o controle externo sobre o Poder Executivo estadual, distrital ou municipal. Os governadores não podem ser convocados para depor perante uma CPI do Congresso Nacional, sob pena de grave ofensa à Constituição”, diz texto da papelada.

Esta não é a primeira vez que os chefes do Executivo estadual tentam reverter sua ida à CPI para prestar esclarecimentos sobre suas atuações no enfrentamento à pandemia do novo coronavirus, Covid-19. Na sexta-feira (28), eles foram ao Supremo Tribunal Federal (STF), com a finalidade de barrar a medida.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O critério de escolha dos gestores foi definido pelos locais em que houve operações da Polícia Federal para investigar o mau uso do dinheiro destinado ao combate à pandemia. O caso de desvio de verbas públicas da saúde ficou conhecido como Covidão. Existem denúncias de superfaturamento de equipamentos.

Segue abaixo, a lista dos governadores que tentam fugir da Comissão, os quais assinaram a carta que pede para os senadores voltem atrás na convocação.

Ibaneis Rocha (DF), Wellington Dias (Piauí), Renan Filho (Alagoas), Ronaldo Caiado (Goiás), Waldez Góes (Amapá), Renato Casagrande (Espírito Santo), Wilson Lima (Amazonas), Flávio Dino (Maranhão), Rui Costa (Bahia), Helder Barbalho (Pará), Paulo Câmara (Pernambuco), Carlos Moisés (Santa Catarina), Cláudio Castro (Rio de Janeiro), João Doria (São Paulo), Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), Belivaldo Chagas (Sergipe), Marcos Rocha (Rondônia), Mauro Carlesse (Tocantins) e Antonio Denarium (Roraima).

Image Map
Deixe o seu comentário:
Continue Lendo
Publicidade

Relojoaria Quartz

<

Grupo de WhatsApp

Rádio Elos

Veja Aqui Agora

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias