Conecte-se conosco

Feira de Santana

Toque de recolher em Feira de Santana proíbe cultos evangélicos na cidade e distritos

Publicado

em

O prefeito de Feira de Santana, Colbet Martins Filho anunciou através de uma entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (14) que a partir desta quarta-feira (15) até o dia 19 de julho, a cidade passará a ter Toque de Recolher das 18 às 05h. A medida foi tomada pelo gestor do município em conformidade ao decreto estadual divulgado nesta terça-feira (14) que restringe a circulação de pessoas no período da noite.  A medida também proíbe as atividades comerciais em distritos e bairros.

A medida atinge as igrejas evangélicas, ficando assim suspensos os cultos a partir desta quarta-feira (15) até o dia 19 de julho. O decreto do Município declara os cultos como serviço essencial, porém o Decreto do governador Rui Costa vai além, superando ao do prefeito Colbert Martins, fazendo com que os cultos não sejam realizados no período determinado.

Para as pessoas que trabalham em atividades essenciais ou precisam se deslocar a uma unidade de saúde, farmácia e outros, terão que comprovar a necessidade. Será solicitado comprovante de residência e identidade nas barreiras policiais.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

Segundo o Major Lúcio, que é chefe da Coordenadoria de Planejamento Operacional e Decisões Estratégicas (CPODE) do Comando de Policiamento da Região Leste (CPRL), quem descumprir, estará enquadrado nos artigos 330 (desobedecer a ordem legal de funcionamento público) e 268 (Infringir determinação do poder público) do Código Penal que fala sobre crime de desobediência e de determinação do poder público, e pode ser conduzido à delegacia. A Polícia Militar e a equipe de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) da prefeitura farão a fiscalização. As atividades de delivery por serem essenciais estão mantidas normalmente. Quanto ao transporte público está mantido o seu funcionamento até às 20h. Segundo o prefeito, a fiscalização será reforçada entre sexta e domingo.

 “Não é interesse da Polícia Militar e da Prefeitura fazer valer as consequências para quem descumprir o Decreto, mas caso seja necessária uma condução por desobediência, estará sustentada nos artigos 330 e 268 do Código Penal”, disse o major PM Lúcio José. Quem desobedecer poderá ser detido.

Deixe o seu comentário:

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias