Conecte-se conosco

Política

Colunista da Folha ‘torce’ pela morte de Bolsonaro e é duramente criticado

Publicado

em

O presidente da República Jair Bolsonaro confirmou nesta terça-feira (7) que está infectado com o novo coronavirus, Covid-19. A notícia terminou gerando manifestações, tanto de apoiadores e também de opositores do mandatário do país. Um desses opositores foi o colunista da Folha de S. Paulo, Hélio Schwartsman que de forma vingativa falou sobre o resultado e disse estar torcendo pela morte do presidente.

A publicação viralizou na internet, gerando críticas ao posicionamento agressivo e vingativo do colunista, que em seu texto escreveu que está torcendo “para que o quadro se agrave e ele morra. Nada pessoal”. Para o colunista, “a morte do presidente torna-se filosoficamente defensável, se estivermos seguros de que acarretará um número maior de vidas preservadas”.

O deputado federal Helio Lopes, amigo inseparável do presidente usou as suas redes sociais para criticar o posicionamento do colunista.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

“Chegou o momento e a oportunidade dos críticos que andam sempre reclamando das falas democráticas do presidente e dos seus apoiadores se manifestaram agora. Caso ao contrário, a população brasileira vai achar que são do time dos Acuse-os do que você faz, chame-os do que você é” apontou.

A deputada federal Carla Zambelli também criticou o posicionamento de Schwartsman. A parlamentar bolsonarista disse que pretende continuar defendo a liberdade de expressão.

“Podem exercer a liberdade de expressão de vocês. A defendemos até quando é utilizada para desejar a morte de alguém que amamos. Enquanto isso, a maioria da população está orando por nosso presidente Jair Bolsonaro” escreveu.

Quem também usou as suas redes sociais para se manifestar contra o posicionamento do colunista, foi o empresário Luciano Hang, dono da Havan.

“Tem cabimento um negócio desses? É inacreditável onde chegam as pessoas” escreveu.

Outro também a se manifestar contra a infeliz colocação do colunista da Folha, foi o jornalista Rodrigo Constantino. Para ele, isso demonstra o “ódio do bem” da esquerda.

“O “ódio do bem”. A esquerda e seu salvo-conduto para barbaridades” ressaltou.

Deixe o seu comentário:
Publicidade

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias