Conecte-se conosco

Isto Acontece

Viúvo de Fabiana Anastácio lamenta a morte da esposa e conta detalhes impressionantes que antecederam antes de partir

Publicado

em

Após enfrentar uma luta contra o novo coronavirus, Covid-19, a cantora gospel Fabiana Anastácio não resistiu e veio a falecer na última quinta-feira (4) deixando órfãos, três filhos, saudades para o mundo da música gospel e para os seus familiares e milhares de fãs espalhados por todo o país.

O pastor Ruben Souza Nascimento, viúvo da cantora, em entrevista ao portal G1, falou sobre a morte da esposa e declarou que apesar do luto, está feliz pelo tempo que teve ao lado da companheira, com quem teve três filhos em 20 anos de união. Para Rubens, ela “cumpriu sua missão de levar fé e alegria para pessoas de todo o Brasil”.

“Ela era muito bonita, muito alegre. Todo ambiente em que ela estava, era contaminado por alegria e simpatia. Ela cantava e palestrava em igrejas no Brasil inteiro e quem a conheceu sabia que era uma pessoa extraordinária”, disse o esposo ao portal G1.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

Ele também contou que foi acometido pela doença, mas se recuperou rapidamente. No entanto, na sua esposa, a doença evoluiu de forma agressiva. Disse ainda, que antes da internação, Fabiana estava isolada em casa e só foi internada quando os sintomas se intensificaram.

“A gente suspeitava [de Covid-19], então ela se isolou, foi se tratando, mas até então parecia uma gripe. Quando ela foi testar já ficou internada. A Fabiana é muito forte, mulher de muita fé, além de cantora ela palestrava sobre fé e era muito segura sempre em Deus e na fé, estava enfrentando como uma situação normal. A gente não esperava que partisse tão cedo”, lamentou Rubens.

O pastor Rubens, também foi convidado para uma entrevista para o portal Bol e ele disse que a conversa que terminou sendo de despedida foi marcada por otimismo: “A última vez que conversamos ela estava internada, antes de ir para a UTI. Tudo com muita naturalidade porque não esperávamos esse final. Falamos sobre a minha recuperação que foi muito rápida. Eu me internei primeiro e quando saí ela estava internada”, relembrou Rubens e continuou: “Foi uma palavra de incentivo porque como eu estava bem e acreditávamos que ela também ficaria bem. Ela estava calma, tranquila, com muita fé em Deus e não se abalou em nenhum momento”.

Mesmo diante da perda do ente querido e do luto por quem partiu e jamais voltará, Rubens e os filhos seguem a vida se dedicando a encontrar forças na fé em Deus para tentar superar o ocorrido e o encara como um ato soberano de Deus. “Eu estou confiando. Na verdade a gente vê a morte, a partida, como um ato soberano de Deus, então eu não tenho a frustração. A gente aceita porque confia em Deus. O luto é doloroso, mas é um ato de Deus e ele vai nos dar força para vencer”, disse.

No final da entrevista o pastor Rubens disse que a esposa “ viveu intensamente” e continuou: “O que temos de fazer é aproveitar o momento para fazer o melhor e ela aproveitou cada momento, focada em ajudar as pessoas, levar alegria, sempre com uma palavra de fé. Eu entendo que ela cumpriu a missão dela”, reiterou Nascimento.

Para ele, a imagem que fica da esposa, é de uma pessoa que se dedicou a viver o que acreditava: “Fabiana era conhecida como uma mulher de muita fé, apaixonada por Deus e que vivia uma espiritualidade muito intensa. Ela cantava desde os quatro anos de idade e também palestrava com muita alegria. Eu a defino como uma pessoa muito alegre e extraordinária. Onde chegava, ela contagiava. É por isso que houve toda essa manifestação de carinho e apoio. Ela era acessível e gostava de pessoas. Era apaixonada por Deus e por pessoas. Era muito talentosa, organizava eventos, liderava corais e musicais. E tudo isso com dinamismo e graça”, concluiu.

Deixe o seu comentário:

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias