Conecte-se conosco

Cidades

Após “ajuda” do STF, bailes funk voltam com força total no Rio de Janeiro

Publicado

em

A ajuda que os organizadores de bailes funk precisavam para retornar as festas no Rio de Janeiro, já obtiveram, após uma decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de suspender operações policiais em favelas do Rio até o fim da pandemia.

No último final de semana, além dos menos populares, até os bailes mais famosos do Rio voltaram a acontecer, graças à ajuda do Supremo Tribunal Federal (STF). O Baile do Egito, no Morro do Chapadão, na Zona Norte do Rio, por exemplo, só acabou na manhã desta segunda-feira (8), mesmo em plena pandemia.

Uma frequentadora comentou no seu Twitter sobre a festa. “Que baile do Egito foi esse? Perdi minhas energias todinhas “ escreveu.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

Outro baile a rolar solto neste final de semana foi o da Romênia, na comunidade de Vila Aliança, em Bangu, na Zona Oeste carioca.

Ainda que o prefeito Marcelo Crivella e o governador Wilson Witzel tenham colocado em prática a flexibilização do isolamento, nenhuma das fases do plano inclui a realização de festas com aglomeração.

Um levantamento feito pelo Portal Voz das Comunidades, as favelas do Rio já têm 1,6 mil casos do novo coronavirus, Covid-19 já confirmados, além de 372 mortes.

Deixe o seu comentário:
Publicidade

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias