Conecte-se conosco

Política

Globo contou 33 palavrões soltados por Bolsonaro em reunião, Roberto Jeferson cita 10 que não foram ouvidos

Publicado

em

O vídeo da reunião ministerial ocorrida no dia 22 de fevereiro com Bolsonaro e seus ministros, continua dando o que falar. A reunião foi gravada e a gravação faz parte de um inquérito aberto logo após o ex-juiz Sergio Moro pedir demissão do cargo de Ministro da Justiça e acusar o presidente Jair Messias Bolsonaro de tentar se interferir na Polícia Federal.

No entanto, as acusações de Moro são frágeis, pois elas não evidenciam a interferência do presidente da República na PF, pelo menos é o que se nota no vídeo. Após a retirada do sigilo do vídeo, pelo ministro Celso de Mello do Supremo Tribunal Federal (STF), o mesmo foi amplamente divulgado na imprensa e nas redes sociais gerando uma enxurrada de comentários contra Bolsonaro por ter soltado palavrões na reunião que era privada.

A Globo através do Jornal Nacional se preocupou em contar quantos palavrões o presidente soltou e contabilizou 33. Já a Folha de S. Paulo se preocupou em contar o número total durante a reunião, e segundo o jornal foram 41 distribuídos entre o presidente e vários ministros.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

Através do seu Twitter, o ex-deputado federal Roberto Jefferson e presidente do PTB fez um contra ponto e ao invés de elencar palavrões citados por Bolsonaro, ele aponta 10 que não foram ouvidos.

“Palavrões que não foram ouvidos na reunião ministerial: Propina, caixa 2, superfaturamento, tríplex, amante, Foro de São Paulo, Passadena, Mariel, Odebrecht” escreveu o ex-deputado.

Quem também criticou a Globo foi o pastor Silas Malafaia. O líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) , além de dizer que o conteúdo do vídeo promove Bolsonaro, disse também que a cobertura da imprensa, em especial da Rede Globo, sobre o caso é parcial e mentirosa.

“Como a Rede Globo é bandida! No JN nenhuma fala do presidente contra a ditadura, liberdade e garantias individuais do povo, dando uma dura nos ministros e elogiando em algumas ocasiões. Fica provado o que venho falando há dias. Imprensa inescrupulosa, parcial e mentirosa” escreveu Malafaia.

Deixe o seu comentário:
Publicidade

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias