Conecte-se conosco

Isto Acontece

Revoltada, mãe de criança morta por Suzi lamenta reportagem da Globo,

Publicado

em

A matéria exibida na semana passada pela Rede Globo onde o médico Drauzio Varella tentou romantizar a história do presidiário, o transexual Suzi que reclama que há oito anos não recebe visitas na cadeia, continua dando o que falar e agora foi a vez da mãe do garoto, vítima de Rafael Tadeu de Oliveira dos Santos, nome de batismo de Suzi.

O caso aconteceu em maio de 2010 quando Rafael estuprou, estrangulou e matou Fábio dos Santos Lemos, de 9 anos. O corpo do menino foi ocultado pelo assassino deixando para apodrecer em uma mala. O garoto foi forçado por Rafael a fazer sexo oral e anal e, dois dias depois do ocorrido, o corpo do menor foi deixado próximo à casa da família. O próprio criminoso foi quem avisou a família sobre os restos mortais do menino.

Através de uma matéria do Fantástico da Rede Globo, o Dr. Drauzio Varella tentou comover o Brasil com a história do transexual por não receber visitas na prisão e a repercussão não foi nada boa e terminou deixando muitos brasileiros indignados, inclusive a mãe da vítima.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

O programa Alerta Geral, apresentado por Sikeira Jr, entrevistou a mãe da criança e a matéria foi levada ao ar nesta segunda-feira (9) na Rede TV. O repórter Edie Polo conversou com ela, que disse que ficou muito indignada por ver que o assassino do seu filho ganhou um abraço do médico Drauzio Varella, durante a reportagem da Globo.

“Receber um abraço, receber cartinha e ainda receber um ‘bombonzinho’ na prisão? E eu recebi o que? Nada. Estou me reerguendo, me levantando porque Deus está comigo” declarou a mulher.

O repórter do programa Alerta Geral aproveitou a oportunidade para abraçar a mãe do garoto e também falou sobre suas impressões do caso. “Eu fiquei extremamente chocado quando eu cheguei lá e conversei com essa senhora porque 10 anos depois ela ainda sofre demais com as consequências desse crime bárbaro. Hoje, menino Fábio dos Santos estaria com 19 anos e poderia ajudar nas despesas da casa. Ela (mãe da vítima) é uma empregada doméstica que tem muita dificuldade de arrumar emprego e ainda é relacionada com o crime” disse ele.

Suzi, o transexual foi condenado a 36 anos e 8 meses de prisão, e teve a sentença confirmada, em segunda instância, em 2014. No processo o criminoso tem outros dois crimes que está respondendo que é um abuso sexual contra uma criança de três anos no estado de São Paulo e uma criança de cinco anos que é sobrinho do próprio delinquente.

De acordo com uma tia do acusado, Suzi, além de abusar de uma criança de 3 anos e tentar estuprar o próprio sobrinho de 5, Em outra ocasião, ele estuprou uma criança ao invadir sua casa para roubar.

A revelação gerou revolta na internet, visto que muitos tinham acreditado na reportagem da Rede Globo, devido ao conteúdo da reportagem em mostra que Suzi estava abandonado pela família pelo fato de ser transexual. Internautas chegaram a se mobilizar para enviar cartas ao preso, fizeram vaquinha para ajuda-lo financeiramente e muito mais. A verdadeira causa de sua prisão fez com que seu nome figurasse entre os assuntos mais comentados na internet.

Deixe o seu comentário:
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias