Conecte-se conosco

Isto Acontece

Caso Flordelis: Processo fica parado há mais de um mês esperando deputada marcar data de depoimento

Publicado

em

A morte do pastor Anderson do Carmo, vai completar seis meses no próximo dia 16 e as investigações ainda não chegaram a uma conclusão e pelo que tudo indica, parece que isso não está perto de acontecer.

O processo da morte do pastor no qual é réu um dos seus filhos adotivos, Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico da deputada federal e cantora gospel Flordelis, está parado há mais de um mês. Todas as testemunhas do caso já foram ouvidas e todas as provas necessárias já foram produzidas. Está faltando apenas o depoimento de Flordelis, o qual ficou de ela marcar a data, mas isso ainda não aconteceu. Usando sua prerrogativa de deputada ela pediu para que fosse ouvida em Brasília.

No início do mês passado a parlamentar recebeu uma intimação da justiça do Distrito Federal, onde também ela tem residência, solicitando que ela indique o dia e o horário que deseja prestar depoimento, mas até esta sexta-feira (6), isto não aconteceu.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

A deputada é testemunha de defesa do filho, Flávio dos Santos. A Justiça do Rio de Janeiro só poderá decidir se o rapaz será ou não levado a júri popular pelo assassinato de Anderson do Carmo, após o depoimento da parlamentar. Flávio permanece preso na Penitenciaria Bandeira Stampa, conhecida como Bangu 9 no Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio. Lucas Cézar dos Santos, outro filho de Flordelis que também é réu pelo crime, a juíza Nearis dos Santos Carvalho Acre, já decidiu leva-lo a júri popular.

O advogado de Flávio que o mesmo de Flordelis, Anderson Rollemberg, disse que a sua cliente tinha a opção de escolher a data e o horário para ser ouvida, caso a parlamentar não venha fazer isso, a própria justiça marcaria o seu depoimento.

“Na própria intimação, já informava para ela escolher uma data e se não se manifestasse no prazo de 30 dias, o próprio juiz é que iria escolher (a data). Então ficou à mercê da escolha do próprio magistrado, pois já passou esse prazo. No dia que for marcado, ela comparecerá”, afirmou o profissional

O advogado Ângelo Máximo, assistente de acusação nos processos que Flávio e Lucas respondem, critica a demora na marcação do depoimento da parlamentar.

“Na minha opinião, essa demora é para a defesa do Flávio tentar o relaxamento da prisão dele por excesso de prazo. Mas isso só é cabível quando há atraso na instrução causada pelo juízo ou Ministério Público. Quando é causado pela própria defesa, essa alegação não cabe. A Flordelis é uma testemunha do próprio Flávio” afirmou.

Deixe o seu comentário:
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias