Conecte-se conosco

Isto Acontece

Quatro apresentadores da Record morrem em pouco mais de 2 anos

Publicado

em

Em pouco mais de 2 anos, a Record TV perdeu quatro grandes profissionais. Eles eram queridos e amados por muitos, levavam a informação e o entretenimento ao povo, através dos seus programas. O mais recente foi o Gugu, antes dele foi o Paulo Henrique Amorim, Também teve o Wagner Montes e Marcelo Rezende.

No dia 16 de setembro de 2017, o Brasil chorou com a triste notícia da morte de Marcelo Luiz Rezende Fernandes, o mais popular, Marcelo Rezende. O jornalista e apresentador, autor do bordão conhecido nacionalmente “Corta pra mim”, Foi diagnosticado no início do ano de 2017 com câncer no pâncreas com metástase no fígado. O apresentador foi obrigado a se afastar do programa Cidade Alerta, da TV Record, para fazer o tratamento de quimioterapia. Quando morreu, ele estava internado no Hospital Moriah, na Zona Sul de São Paulo.

O jornalista  nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de novembro de 1951 e morreu as 17h45 do sábado do dia 16 de setembro em São Paulo, aos 65 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos em consequência de um câncer, segundo informou o hospital na época. Ele começou sua carreira como repórter esportivo nos anos 70 do Jornal dos Sports. Trabalhou em O Globo, Revista Placar e chegou a TV em 1987 para trabalhar na Globo. Entre os destaques de Rezende, está a cobertura do caso da operação da polícia na Favela Naval, em Diadema, a apresentação do programa Linha Direta e o programa Cidade Alerta. Além da Record, o jornalista trabalhou também na Globo, Band, e Rede TV.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

Outro apresentador da Record que também faleceu, foi o Wagner Montes. O apresentador de Rádio e TV e deputado estadual pelo PRB-RJ, morreu aos 64 anos, devido a choque séptico e sepse abdominal. Wagner que era casado com a atriz Sonia Lima, estava internado no Hospital Barra D´Or, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, em tratamento de infecção urinária.

No mês de novembro do ano de 2018 o apresentador e parlamentar passou mal quando ia embarcar de Foz do Iguaçu indo em direção ao Rio de Janeiro. Ele foi levado para o hospital e o atendimento médico identificou que o comunicador tinha sofrido um infarto. Em seguida foi transferido para o Rio e internado no Barra D`Or onde faleceu na manhã do dia 26 deixando a mulher, Sonia Lima e dois filhos. Wagner apresentava o Programa Cidade Alerta do Rio de Janeiro.

Quem também partiu neste ano, deixando a família e seus fãs com saudade foi o jornalista Paulo Henrique Amorim. Ele morreu na madrugada do dia 10 de julho, aos 76 anos em sua casa, vítima de um infarte fulminante. Amorim atuou no jornalismo desde 1961, escrevia para diversos jornais e revistas do país e mantinha o blog e canal no Youtube Conversa Afiada.

Ele trabalhou em diversas redações, inclusive na Globo. O último trabalho do jornalista foi na TV Record onde apresentava o Domingo Espetacular. Na noite da terça-feira (9) o apresentador havia saído para jantar com amigos e logo após a janta, retornou para casa. Amorim estava em casa, no Rio de Janeiro quando sofreu o infarto. Ele estava na Record TV desde 2003. Paulo Henrique Amorim deixa a mulher, Geórgia Pinheiro, e uma filha.

Dos quatro apresentadores que faleceu em pouco mais de 2 anos listados na nossa reportagem é o Gugu Liberato. O comunicador faleceu nesta sexta-feira (22), em Orlando nos Estados Unidos, após ficar dois dias internado em coma no hospital, após uma queda do sótão de sua casa, na última quarta-feira (20), e bateu com a cabeça na quina de um móvel.

Gugu teve morte cerebral confirmada após a avaliação de um neurocirurgião brasileiro, que viajou para os Estados Unidos a pedido da família do apresentador. O médico foi o terceiro a atestar a perda das funções cerebrais do comunicador.

Gugu estava consertando um ar-condicionado, no sótão de casa, quando pisou em uma parte de gesso, que cedeu, fazendo o apresentador cair de uma altura de quatro metros.

O apresentador foi socorrido inicialmente pela esposa, Rose Miriam, que é médica e logo em seguida levado para o hospital, em estado muito grave. Após ficar em observação, o apresentador não demonstrou reação e permaneceu inconsciente, confirmando danos cerebrais irreversíveis.

Liberato deixa três filhos, João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Sofia e Marina, de 15 anos, e a esposa Rose Miriam di Matteo, além da mãe, Maria do Céu, de 90 anos, e os irmãos Aparecida e Amandio Liberato.

Deixe o seu comentário:
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias