Conecte-se conosco

Polêmicas

Professor defende morte de evangélicos no Brasil e ministra Damares reage

Publicado

em

As declarações com tom de ódio contra os evangélicos, dadas por um professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), tem causado indignação em muita gente, inclusive a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

A ministra reagiu as declarações do professor através do seu Instagram e disse está “muito triste” com o pensamento do professor e disse que evangélicos são “povo da paz”.

“Confesso que fiquei muito triste! Somos o povo da paz! O que justifica tanto ódio ao nosso povo? Vamos viver a fraternidade e a solidariedade! Onde está a tolerância? É muito triste saber que alguém deseja a nossa morte” escreveu a ministra.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

Pedro Aguiar, professor de Comunicação Social da UFF, fez um comentário sobre a renúncia de Evo Morales, ex-presidente da Bolívia. No seu comentário, Pedro incitou a violência contra aqueles de quem ele chamou de “facistas” e “evangélicos”

“Claro que prefiro a paz, mas, neste contexto concreto na Bolívia, torço ferrenhamente para que forças da resistência peguem em armas e matem a tiros os fascistas e evangélicos que tentam destruir o país. Fascistas não têm direito à vida” escreveu o professor em seu Twitter, neste domingo (10).

Deixe o seu comentário:
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias