Conecte-se conosco

Mundo Gospel

Pastora Helena Tannure quebra silêncio e fala sobre a filha após assumir ser gay

Publicado

em

Após ficar em silêncio sobre a repercussão da notícia sobre a sua filha, após assumir ser gay, a pastora Helena Tannure, ex-integrante da Banda Diante do Trono, resolveu se manifestar e falar sobre o assunto.

Clara, a filha da pastora ganhou destaque em sites do gênero gospel, após se declarar gay. A notícia caiu como uma bomba para o mundo gospel. Antes de assumir ser gay Clara tentou seguir os passos da mãe e chegou até ser integrante do Diante do Trono.

No entanto a jovem optou por seguir outro rumo, deixou a igreja, tornou-se cantora de música secular e por fim assumiu a homossexualidade. Nas suas redes sociais é possível ver fotos da moça com bebidas alcoólicas e drogas.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

Além disso, a ex-Diante do Trono, filha da pastora, chocou a todos, principalmente do mundo gospel com o single “Chora Boy”, onde contém muitos palavrões, procedimentos não usados por evangélicos, cristãos convertidos.

No clipe da cantora, também é possível notar beijo gay entre os autores que aparecem no vídeo. Como que não bastasse Helena Tannure, mãe da jovem ainda teve que engolir uma indireta da sua filha para a cantora Ana Paula Valadão, quando em determinado momento do clipe aparece uma “bota de python”. Essa bota foi divulgada intensamente pela líder do Diante do Trono em 2010.

INSCREVA-SE NO CANAL

Após ficar um bom tempo em silêncio, a mãe da jovem resolveu falar. De acordo com a publicação da pastora, feita na sua conta do Instagram, Clara Tannure, sua filha tem uma personalidade forte que as vezes até machuca. No entanto a pastora reconhece ter o mesmo gênio forte da filha.

A pastora revela também que a filha gosta de tudo exótico, diferente e colorido e ainda diz que nunca apreciou a uniformidade da filha.

” Ela tem uma personalidade forte. Às vezes até machuca e eu… também. 
Ela gosta de tudo o que é exótico, diferente, colorido e eu… nunca apreciei uniformidade. Ela Canta, escreve, desenha observa e se expressa Clara, claramente e eu… artisticamente me arrisco. Ela tem muitas tatuagens que fez por vontade própria e eu… carrego marcas na alma, que não escolhi, mas que são parte de quem me tornei.
Ela trilha o caminho que escolheu… e eu…
trilho o caminho da oração que ela me fez encontrar. 
Algumas vezes ela chora quando eu a abraço forte e eu algumas vezes choro quando não posso abraça-la. Somos mulheres tão diferentes e tão iguais…em alguns dias somos brisa e em outros tempestade. Eu a amo tanto… tanto…Há 25 anos, Deus me fez mãe e nela estão as primícias dessa dádiva”, escreveu a pastora que disse que continua orando pela filha, a quem ela chama de Clarinha.

Deixe o seu comentário:
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias