Conecte-se conosco

Isto Acontece

Caso Flordelis: Nada do que ela fala é verdade. É tudo mentira, diz sogra.

Publicado

em

No próximo dia 16 vai completará quatro meses que o pastor Anderson do Carmo, esposo da cantora e deputada federal Flordelis, foi assassinado a tiros dentro da sua própria casa, em Pendotiba, Niterói, Rio de Janeiro.

O bárbaro assassinato aconteceu por volta das 04h00 da madrugada no dia 16 de junho, quando o pastor chegava em casa, após um passeio com a sua esposa, cantora, pastora e deputada federal Flordelis.

Há quase quatro meses a Polícia Civil vem investigando o caso, mas até agora não deu um desfeche total e muitas perguntas que pairam sobre o caso continuam sem respostas. A primeira fase das investigações já foi encerrada e deu-se início na segunda para investigar outras pessoas, das quais a deputada faz parte. Dois filhos do casal estão presos por envolvimento no crime. Flavio dos Santos Rodrigues, por atirar seis vezes no pastor e Lucas Cezar dos Santos por ajudar a comprar a arma usada no assassinato.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

A mãe do pastor Anderson, Maria Edna do Carmo, que mora em São Paulo, há duas semanas esteve no Rio de Janeiro e deu uma entrevista ao jornal Extra e mais uma vez, ela afirmou que a nora Flordelis, tem envolvimento no assassinato do seu filho.

“Tenho certeza. Nada do ela fala é verdade. É tudo mentira. Ela distorce tudo. Por que ela não fala a verdade? Está com medo do que? Ela acabou com a vida da minha família”, Disse a mãe do pastor se referindo à deputada.

INSCREVA-SE NO CANAL

Maria Edna disse também acreditar que nada teria acontecido sem a aprovação da nora, Flordelis. “Ninguém iria mata-lo naquela casa sem a permissão dela. Se ela falasse que não, isso jamais aconteceria. Até hoje, não sei. Realmente não imagino o que tenha acontecido”, afirmou.

Na entrevista, a mãe do pastor também confirmou a informação de que seu filho estaria se sentindo mal com frequência. Ela disse também que o filho chegou a relatar a situação para ela.

“Ele contava que passava mal quando comia em casa. Acabava vomitando tudo que comia. Mas ele não gostava de ir a médico nem de tomar remédio”, disse Maria Edna e continuou: “Só depois do que aconteceu fui saber que estavam colocando remédio na comida dele na casa”

Ao ser questionada sobre uma carta que Lucas mandou para Flordelis, onde acusa o seu irmão Misael como mandante do crime, Maria Edna disse não acreditar no envolvimento do vereador e acha que é uma forma da deputada se eximir e achar um culpado. “Misael não tem nenhum envolvimento na morte de Anderson. Vou defende-lo até o fim. Isso é absurdo”, disse ela e continuou: “Isso foi tudo armado. É triste porque o Misael ajudou demais a mãe, está com ela desde o começo. O menino ia lá para o Ceasa conseguir comida para as crianças da casa comerem. O Misael ajudou a tirar a mãe da lama”, concluiu a mãe do pastor.

Em nota, Flordelis negou todas as acusações feitas pela sogra, e segundo a deputada, não há nada no episódio que prove o que a sogra está dizendo. A parlamentar disse também que as investigações estão entregues à polícia e a justiça, e afirmou que no final provarão quem foi efetivamente o culpado e qual foi o motivo.

Deixe o seu comentário:
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias