Conecte-se conosco

Isto Acontece

Caso Anderson do Carmo: Segunda fase das investigações revelam dados obscuros de Flordelis

Publicado

em

Nesta segunda-feira (16), completará três meses que o pastor Anderson do Carmo, esposo da cantora gospel e deputada federal Flordelis, foi assassinado por volta das 04h00 da madrugada após chegar em sua casa com sua esposa.

A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, concluiu a primeira fase das investigações do caso e já deu início na segunda. Nessa segunda fase das investigações da morte do pastor, a polícia investiga o passado de Flordelis e Anderson do Carmo.

Os investigadores da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, estão levantando detalhes do início da história da parlamentar, desde quando ela começou adotar crianças, ainda na favela do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio de Janeiro. A polícia também investiga outros relacionamentos da deputada antes do pastor Anderson do Carmo.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

As investigações da segunda fase mal começaram e a polícia já descobriu fatos contraditórios da deputada e cantora gospel Flordelis dos Santos de Souza. Fabão, um homem com quem Flordelis se relacionou nos anos 90, prestou depoimento na DH no último dia 2.

Fabão e Flordelis se casariam, mas ele acabou com relacionamento e em 1998, a deputada se casou com Anderson, segundo informações da polícia.

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL

No depoimento de Fabão, dado aos policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, revela mais uma grande mentira da deputada. Na biografia da parlamentar, ela afirma que se casou com Anderson do Carmo, no início dos anos 90, porém, nessa época, Anderson ainda era adolescente.

A cantora gospel foi casada com Paulo Rodrigues Xavier nos anos 80, com quem teve seus três filhos biológicos. Um deles, Flavio dos Santos Rodrigues, confessou ter disparado seis tiros contra o pastor, foi indiciado pelo crime e está preso.

Lucas Cézar dos Santos, outro filho de Flordelis, porém adotado por ela e Anderson, também foi indiciado e está preso por ter comprado a arma do crime. A polícia acredita que uma terceira pessoa tenha participado do crime atirando contra o pastor, pois segundo o laudo, o corpo do pastor contém 30 perfurações e Flavio diz que deu seis tiros. A polícia investiga também a participação de Flordelis no crime.

.Em entrevista coletiva realizada no fim do primeiro inquérito, a delegada titular da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, Bárbara Lomba, afirmou que a motivação do crime ainda não estava clara. Disse também que as investigações, até aquele momento, apontavam para o assassinato estar ligado a questões financeiras e desavenças familiares.

Deixe o seu comentário:
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias