Conecte-se conosco

Isto Acontece

Deputado evangélico que votou para o COAF não ficar com Moro já recebeu mais de R$12 milhões de governador petista

Publicado

em

O deputado federal Pastor Sargento Isidório é um dos que compõem a lista dos 228 deputados federais que votaram para que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), não ficasse no Ministério da Justiça comandado por Sérgio Moro. O deputado já recebeu mais de R$ 12 milhões do governo Rui Costa, do estado da Bahia.

+Papa Francisco envia carta a Lula que reza por ele e lamenta “duras provas”

Da lista dos 228 deputados que votaram contra o COAF nas mãos de Moro, lamentavelmente, uma boa parte é da Bancada Evangélica e entre eles estão os deputados Pastor Sargento Isidório da Bahia, Pastor Abílio Santana, também do estado da Bahia, pastor Otoni de Paulo do Rio de Janeiro, Benedita da Silva, também do Rio de Janeiro e outros.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

Segundo apurou o site Bahia.ba, a Fundação Dr. Jesus, dirigida por Isidório, recebeu nos anos 2015 e 2016, o valor de R$ 12,37 milhões do governo Rui Costa (PT). Os dados estão no Portal Transparência do estado e foram confirmados pelo próprio pastor em entrevista ao site baiano.

*Cansada de tentar novas dietas, exercícios, mas nada funcionar? Conheça chá para emagrecer rapidamente

Segundo o deputado, foi uma “ajuda de mais ou menos R$ 3,5 milhões para pagar funcionários” e “mais R$ 9 milhões”, referentes a “custos profissionalizantes”, mas não especificou o período. O Bahia.ba apurou no Portal da Transparência da Bahia que os repasses foram no valor de R$ 5,98 milhões, pagos em 2015 e outro no valor de R$ 6,39 milhões entre janeiro e agosto de 2016.

Na época, em entrevista ao site, o pastor Isidório deu a seguinte explicação: “A Fundação Dr. Jesus recebe uma ajuda de mais ou menos R$ 3,5 milhões para pagar funcionário… É assim. Tem cursos profissionalizantes, vem tudo carimbado. Aí dá mais R$ 9 milhões. Para você ter uma idéia, eu recebi uma parcela em janeiro de R$ 2 milhões e pouco. Eu não administro. Quem administra é o pessoal da diretoria. E tinha que receber com três meses outra parcela. Vim receber agora, semana passada. Isso quer dizer que, quando chegar em setembro, encerrou o ano. Com certeza está arriscado não receber a outra parcela”

+André Valadão diz que papel da mulher é parir e do homem é sustentar a casa

Quanto a transparência da transação o parlamentar disse: “Para você ter idéia do que estou falando, vá lá na secretaria e veja uma devolução de R$ 1,38 milhão ou R$ 1,28 milhão. Quando eles pagam depois, eu não tenho nem mais como gastar. E estou devendo, porque eu tinha bancado. E eu devolvo. Porque eu podia inventar. Quem é que hoje, nessa política atual, devolve R$ 13 mil, quanto mais R$ 130 mil ou R$ 1,3 milhão? Inventa alguma coisa, ainda mais que é obra social. Eu não faço isso porque dinheiro público, para mim, é sagrado”.

A fundação Dr. Jesus, comandada e dirigida pelo Pastor Sargento Isidoro, é uma organização sem fins lucrativos e há mais de 19 anos vem trabalhando no sentido de tratar e acolher pessoas com dependência química. Fica as margens da BR 324, sentido Feira Santana x Salvador, distrito de Menino Jesus, Candeias no estado da Bahia.

Deixe o seu comentário:

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias