Conecte-se conosco

Isto Acontece

Pastor apóia Jair Bolsonaro e diz que a pena de morte tem base bíblica

Publicado

em

Em uma das suas ministrações, o pastor Leandro Quadros, falou sobre o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), das suas idéias e até sobre a posição do candidato no que diz respeito a assuntos da área da segurança do país.

*Tenha as nossas notícias na palma da sua mão. Faça o Download do nosso aplicativo, instale no seu celular

Leandro que é apresentador dos programas “Na Mira da Verdade” e “Lições da Vida” na Rede Novo Tempo, e também é escritor, formado em Comunicação Social e pós graduado em jornalismo cientifico, e mestre em teologia, não só apóia posição de Bolsonaro no tocante a armar a população, bandeira defendida pelo candidato caso seja eleito, como também apóia a pena de morte e cita passagens bíblicas para apoiar o seu posicionamento.

RESPOSTA DE UM JORNALISTA "IMBECIL" PARA UM "SUPREMO MINISTRO" DO STF.

“Quando você for me dizer que a bíblia é contra a pena de morte, eu vou pedir um favor pra você. Ho! Não fala essa besteira. Você pode ser contra, você é livre, agora, não me use a bíblia porque você não está sendo honesto”, disse o pastor em discordância às pessoas que são contra a pena de morte.

Citando o artigo do pastor Flores Junior, da Associação Nacional de Psicólogos Escolares (NASP), ele diz que o pastor explica que o “matarás”, que a bíblia se refere, não tem nada a ver com questão discutida. Ele diz que nesse caso a bíblia está se referindo a assassinato e explica que no original hebraico, o termo “Não Matarás”, significa “Não cometerás homicídio.

“Em alguns casos irmãos, especiais que são as exceções e não a regra, Deus autorizou. Davi. Davi, segundo Samuel 12, por ele ser rei e ele tem um arrependimento muito profundo e sincero, Deus decidiu perdoá-lo. Assim como aconteceu com Caim. Caim Deus deu tempo pra ele se converter, mas não adiantou nada, ai Deus mostrou pro universo que foi pior ainda, que a descendência de Caim foi terrível. No caso de Pedro, ele não chegou a matar o indivíduo. Lesionou, teve uma repreensão de Cristo. Porque ele era civil, não podia fazer. E Paulo quando matou, ele tava sobre a lei e era da lei, ele era autoridade”, explicou Leandro.

Ele continua e cita Romanos 13 de 1 a 4 e fala que Paulo depois de convertido instruiu  sobre a lei e a submissão as autoridades: “A lei é instrumento de Deus para o teu bem e não é atoa que ela porta espada, que é pra ser ministro de Deus e vingador do mal”, disse o pastor se referindo ao versículo quatro do texto citado.

*Tenha as nossas notícias na palma da sua mão. Faça o Download do nosso aplicativo, instale no seu celular

“O fato de eu concordar com o deputado Jair Bolsonaro em relação à forma como um criminoso hediondo deve ser punido, não significa que apoio o partido dele ou que seja adepto de todas as suas idéias. Todos possuímos aptidão intelectual suficiente para percebermos essa diferença”, escreveu Quadros, no seu site em resposta especificamente ao comentário de uma pessoa a quem ele chama de amigo, gente boníssima, que discordou do seu posicionamento  sobre a pena de morte.

Assista ao vídeo:

Deixe o seu comentário:
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © 2019 Veja Aqui Agora | O que Você Quer Saber Acontece Aqui |

var _Hasync= _Hasync|| []; _Hasync.push(['Histats.start', '1,4104171,4,500,95,18,00010000']); _Hasync.push(['Histats.fasi', '1']); _Hasync.push(['Histats.track_hits', '']); (function() { var hs = document.createElement('script'); hs.type = 'text/javascript'; hs.async = true; hs.src = ('//s10.histats.com/js15_as.js'); (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(hs); })();

Receba Nossas Notícias